segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Tem um resto de amor mal resolvido Perturbando meu sono a noite inteira.

Nosso amor para além da eternidade
Não durou dois verões e meio inverno.
Quando o céu transformou-se num inferno
No silêncio da nuvem de saudade...
Dediquei-me a zelar nossa amizade
No percurso da história interrompida
Construindo um Amor pra toda a vida
No terreno arenoso do seu peito....
"Meu castelo de sonhos foi desfeito
No momento da sua despedida."

Dei pra ela: romance e sentimento
Em um livro de amor que lhe escrevi
E apesar de ser pouco o que vali
Seu valor foi pra mim os 100%.
E "inda" há chagas abertas, no momento,
Duma história bonita e verdadeira
Foi gigante e hoje só resta uma beira
Do que houve em meu peito adormecido
"Tem um resto de amor mal resolvido
Perturbando meu sono a noite inteira."

Pedro Torres

2 comentários:

  1. Meu caro digitador de palavras
    Seus escritos foram notados
    Compartilhe com o máximo de pessoas
    Venha para o mais ranqueado site de publicação de textos gratuitos da língua portuguesa
    Aqui você pode não gostar
    Pode tudo
    Proibido para menores
    Venha beber um ponche de letras no Bar do Escritor
    Publique seus textos e acompanhe-o em nossos rankings gratuitamente

    FÓRUM DO BAR DO ESCRITOR
    http://www.bardoescritor.com.br

    ResponderExcluir
  2. Bonitas décimas, Pedro! Bom demais ler os seus versos! Abraço e um ótimo fds!

    ResponderExcluir

Direito à Réplica Poética...