terça-feira, 1 de abril de 2014

A saudade é essa lágrima Que escorre lenta na face

A saudade é essa lágrima
Que escorre lenta na face
Calada, quente, desliza
Desenhando aonde passe
As gravuras de uma lápide
Dum sonho que não renasce.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...