quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Lembrança

Eu me esforço tentando acreditar
Que com o tempo a lembrança se arrefece
Mas, quem tenta ir embora, só se esquece
Que a saudade se lembra de voltar.

Na distância da troca de um olhar
Tudo aquilo que passa, permanece
E a vontade do abraço nos aquece
Derretendo a coragem de evitar.

Já minh'alma parece que passeia
E se ausenta de mim por um momento
Na iminência do beijo, em teu abrigo

De tal forma que sinto em minha veia
Correr todo o calor do sentimento
Que até tento negar, mas, não consigo!

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...