sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Mas, a chave da saudade Não entra no cadeado.

Meu coração sonhador
Bastante fragilizado
Hoje tenta a todo custo
Se libertar do passado
Mas, a chave da saudade
Não entra no cadeado.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...