sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

É inútil tentar fingir

É inútil tentar fingir
Quando a tristeza lhe invade
Que orgulho é coisa pequena
Diante da imensidade
Do coração que soluça
Sentindo a dor da saudade.

Nem toda dor é saudade
Nem todo pranto é tristeza
Nem toda força é coragem
Nem toda queda é fraqueza
Nem todo riso é alegria
Nem toda dúvida é certeza.

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...