sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Despertar da paixão

Como posso saber qual o sabor
Da maçã do pecado sem provar
Se o perdão só é dado a quem pecar
Pois, quem ama já nasce pecador

Uma chama acendeu-se no calor
E me fez enxergar além do olhar
Que um abraço de amor pode queimar
Sem nem mesmo causar nenhuma dor

Hibernando em meu peito, o amor antigo
Desistiu de encontrar em outro abrigo
Sem notar, que chegava o sonho ao fim

Com o barulho das asas da paixão
A vontade tomou meu coração
Acordando você dentro de mim.

Adriana Sousa & Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...