sábado, 23 de novembro de 2013

Psiu!

Hoje o mundo lhe cobra explicações
Pelos erros que o tempo não curou
Pelas folhas que o vento não levou
Após muitas mudanças de estações.

Sempre arde em meu peito os arranhões
Que a ferida "inda" não cicatrizou
E esse corte que a vida não fechou
Faz silêncio dos nossos corações...

Na minh'alma cansaço mais não cabe
Mas, meu peito parece até que sabe
Que você do meu mundo está saindo...

Se a lembrança da gente desconforta
Ao sair, por favor, não bata a porta
Porque a minha saudade está dormindo.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...