terça-feira, 5 de novembro de 2013

Pode ser minha cota de ironia

Pode ser minha cota de ironia
Mas, não vou lhe dizer: "eu lhe avisei!"
Porque justo a mulher que mais amei
Sente agora, na pele, o que eu sentia.
Do meu pranto, na dor, você sorria
Mergulhando mais fundo na ilusão
Sem saber quanto dói ouvir um não
E ir dormir debruçado sobre o orgulho
Se assustando até mesmo com o barulho
Da pancada do próprio coração.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...