quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Seu orgulho tem dado prejuízo Muito mais a você do que a mim

Se amanhã a saudade lhe bater
Lembre as muitas pancadas no meu peito
Que um momento de amor quando é perfeito
Outro igual é difícil de ocorrer...
Pois, nem sempre é tão fácil se esconder
Quando o doce do amor amarga o fim
Mesmo havendo a hipótese de um sim
E ainda ardendo a lembrança no juízo
"Seu orgulho tem dado prejuízo
Muito mais a você do que a mim”

Na barreira do orgulho eu nunca paro
Porque o tempo me deu um ensinamento:
"Não se nega a si mesmo um sentimento
Inda mais quando é puro, belo e raro."
E a ninguém nesta vida eu me comparo
Que não sou mais, nem menos, que ninguém
Não há mal que jamais nos traga um bem
Mas, não vou reclamar só por vaidade
Porque a vida me fez sentir saudade
De quem sente saudade em mim também.

Pedro Torres


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...