sábado, 7 de setembro de 2013

Que a ordem se faz não bota em pano

Vejo o verde espalhado na bandeira
Brada aos céus uma faixa: "ordem e progresso"
Mas, a ordem sem ordem e seu regresso
Regressou sobre nós numa rasteira
Abre os olhos país tira a cegueira
Tira a haste da vida, o desengano
Busca um novo horizonte um novo plano
Rasga todas palavras dos papéis
Faz questão de exibir aos menestréis
Que a ordem se faz não bota em pano!!!!!!

Dayane Rocha Lira

2 comentários:

Direito à Réplica Poética...