domingo, 15 de setembro de 2013

O sal que salga a saudade É o mesmo que adoça o mar

Quando uma lágrima cai
Escorrendo em nosso rosto
Por vezes nos deixa o gosto
De um grande amor que se vai...
Que ao mesmo tempo que atrai
Lembranças doces 'do amar'
Uma onda tenta arrastar
Pra longe, a felicidade
"O sal que salga a Saudade
É o mesmo que adoça o mar."

Pedro Torres


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...