segunda-feira, 9 de setembro de 2013

E os garranchos da tua covardia Arranharam demais meu coração

Te pedi cem mil beijos só vi dez
Quatrocentas saudades na partida
Uma noite de amor na despedida
Doze abraços sinceros, mais fiéis...
Devolveste somente alguns mil réis
Dos milhões que emprestei do coração
E um sorriso pra dar recordação
Dos momentos felizes na poesia...
“Os garranchos da tua covardia
Arranharam demais meu coração”

Pedro Torres
Mote de Val Patriota

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...