quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Perfume de sonhos da beira do mar.

Voei no sentido dos nossos segredos
Nos campos abertos da sinceridade
Sentindo na brisa toda a intensidade
Do néctar das flores, na planta dos medos
E, pelas raízes de nossos enredos
Somente a verdade vai nos perfumar
Que Deus é maior e se a gente plantar
Veremos florir no chão da esperança
Da flor mais bonita, de mais confiança
Perfume de sonhos da beira do mar.

Pedro Torres

Publiquei o galope acima no Facebook e o Poeta Maviael Melo que ia passando inspirou-se e disse:

Perfumes que adentram no céu dos sentidos
Abrindo outros campos em meio ao deserto
As brisas serenas já chegam mais perto
Das flores que “nectam” os céus coloridos
E em suas raízes já estão destemidos
Seus cheiros, aromam fragrâncias ao ar
E o Deus que permite, nos deixa amar
No sonho que avança, no que se acredita
A noite já espia, se lança e se agita
Sonhando acordada na beira do mar

Maviael Melo

E Poeta Cicinho Moura, também de Iguaracy como o Poeta Maviael, ia também passando e pegou no embalo e disse:

O sonho se faz real quando a gente
Despidos de medo o realizamos
E pra por em prática o que nós sonhamos
A noite nos dá o céu de presente
A praia deserta,o mar reluzente
Compõe o cenário do nosso luar
Com tudo perfeito pra gente se amar
O céu estrelado,o vento e a brisa
Eu sonho acordado,você realiza
E a gente se ama na beira do mar.

Cicinho Moura

Isso vale uma ruma de abraços, valeu!

2 comentários:

  1. Que lindo Pedro!! "Florir no chão da esperança". Amo esse chão. Beijo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tais vendo como são as coisas? Depois que publiquei lá no Facebook passaram dois poetas amigos e fizeram essas outras maravilhas aí. Isso é bacana demais. Cheiro, Milene!

      Excluir

Direito à Réplica Poética...