sábado, 10 de agosto de 2013

Não me negue o direito de te amar.

"Não me negue o direito de te amar."
Não cometa com a gente essa injustiça
Tanta história de amor que tem "postiça"
Não se negue, também, de acreditar...
E nem pense em querer me arrancar
Do seu peito com a chave da razão
Que esse cheiro que fica em nossa mão
Vem da flor do perdão, porém, entenda
Você pode apagar-me da agenda
Mas, não pode arrancar seu coração.

Pedro Torres
Mote: Belo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...