domingo, 18 de agosto de 2013

Na pirâmide do amor Do meu coração sensível

Na pirâmide do amor
Do meu coração sensível
Investi de corpo e alma
Fiz tudo que foi possível
Mas, lucrei somente dor
Do seu peito “MULTINÍVEL”

Pedro Torres

Um comentário:

  1. Boa tarde, Pedro. É, infelizmente nos doamos tanto muitas vezes, e na maioria delas não possuímos retorno algum de quem amamos.
    Assim, sofremos, choramos, deixamos de lado a nossa esperança e fé, o que em nada é bom.
    Certamente a dor passará certo dia e voltaremos a amar com a naturalidade de sempre, que alivia o peito e a alma.
    Beijos e tudo de bom.

    ResponderExcluir

Direito à Réplica Poética...