sábado, 10 de agosto de 2013

Eu te amo, te prezo, te venero Só a morte separa o nosso amor

Meu olhar, teu olhar, nossos olhares
Se entrelaçam deixando nossas pernas
Como ébrios buscando nas tabernas
Alguns drinks de amor, e saciares..
E a saudade que manda pelos ares
Qualquer traço passado de rancor
Põe no lápis da falta uma outra cor
Pra pintar um abraço mais sincero
"Eu te amo, te prezo, te venero
Só a morte separa o nosso amor"

Pedro Torres
Mote de Dimas Batista
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...