terça-feira, 20 de agosto de 2013

E não quero fazer mil julgamentos Mas, sabemos que um dia a casa cai...

Tua "essência" grudou em minha "essência"
Nossos ímpares formam como pares
E dois corpos padecem dos penares
De quem sofre saudade pela ausência...
Que a saudade provoca-nos carência
E a carência ao acaso nos atrai
Eu não sei até quando você vai
Conseguir enganar seus sentimentos
E não quero fazer mil julgamentos
Mas, sabemos que um dia a casa cai...

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...