domingo, 14 de julho de 2013

Retirem-me os anestésicos Eu quero sentir a dor!

Retirem-me os anestésicos
Eu quero sentir a dor!
Não me importa o quanto doa
Que a dor que eu sinto é de amor...
Tragam-me apenas, a cura
Me tirem dessa lonjura
Que eu quero ficar mais perto
Atravessar meu cansaço
Matar saudades no abraço
E descansar meu deserto...

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...