terça-feira, 23 de julho de 2013

Refrão

Sinto saudades ...como eu mentiria,
Se nossos olhos não ficam calados
E, neste espaço, dois amordaçados
Gritam silêncios d'uma sinfonia?...

No espelho opaco de tempos passados
Não se reflete nossa sintonia
Que à luz divina, fez-se iluminados,
O amor da gente ...e toda a poesia!

Nosso futuro só quem sabe é Deus
Lhe disse antes n'alguns versos meus
Repito agora por sentir saudade

Na nossa história que se fez canção
Não faltam versos, a fazer refrão,
Pro nosso amor tocar a eternidade!

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...