terça-feira, 9 de julho de 2013

O futuro que já virou passado Não passou pela fase do presente

Minha vida é um livro quase aberto
Muita coisa que já ficou pra trás
Conteúdos que nem eu lembro mais
Muita coisa que errei estando certo
Tendo em mim a certeza do incerto
O futuro sem ver a sua frente
Um passado, passado pela gente
Um presente que enfim, foi apagado
"O futuro que já virou passado
não passou pela fase do presente"

Glosa: Dayane Rocha
Mote: Pedro Torres Filho

Regressamos de novo à estaca zero
Nossos planos voltaram pro futuro
E se voltasse no tempo aquele "juro"
Não seria, por certo, tão sincero...
Se lhe quis, de algum jeito, ainda quero
Mas, não mais como era antigamente
Que dos sonhos sonhados entre a gente
Hoje vivo, alguns deles, acordado
"No futuro, que já virou passado,
Sem passar pela fase do presente"

Como um livro de páginas viradas
No capítulo final da nossa história
Nosso amor ficou vivo na memória
Das lembranças que foram apagadas...
"Com palavras e rimas rasuradas
Me embriagas na noite mais ardente
Como beijo molhado e muito quente
Com que deixas meu peito tatuado..."
"No futuro, que já virou passado
Sem passar pela fase do presente"

Pedro Torres, mote e glosas.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...