segunda-feira, 8 de julho de 2013

Meu coração como as folhas Que são levadas ao vento

Meu coração como as folhas
Que são varridas ao vento
Deixa a tristeza nos galhos
Vaga sob um céu cinzento
Depois repousa suave
No solo do sentimento..

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...