sexta-feira, 12 de julho de 2013

Lhe cobrei muito mais do que devia Você foi sem sequer me pagar nada.

Como o beija-flor beija a flor cheirosa
Minha boca quis ter o seu sabor
E no frio servir de cobertor
Lhe cobrindo uma noite bem chuvosa...
Paguei juros ...na via mais penosa
Minha cota de dor foi aumentada
Da saudade ...de nós na madrugada
Só restou, quando muito, a poesia
"Lhe cobrei muito mais do que devia
Você foi sem sequer me pagar nada."

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...