terça-feira, 9 de julho de 2013

Às vezes o mundo pensa Que eu vivo fora do mundo.

Toda obscurescência
Do outro lado da lua
Se encontra na parte nua
Da noite em minha existência
Como quem perde a clemência
Do claro do céu fecundo
Nesse meu "luar" profundo
Fico com a indiferença
"Às vezes o mundo pensa
Que eu vivo fora do mundo."

Pedro Torres
Mote de Dayane Rocha
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...