terça-feira, 11 de junho de 2013

Saudade faz covardia
Como ave de rapina
Chega sorrateiramente
Nossa alegria extermina
Que o carcará não sossega
Sem cumprir a sua sina.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...