terça-feira, 11 de junho de 2013

Quando a flecha do amor o alvo acerta Marca pontos demais com o coração.

As palavras e flechas já lançadas
Não retornam pro ponto de origem
Certas provas de amor não se exigem
Basta as juras que foram declaradas
Se o cupido acertar suas flechadas
Vai causar ferimentos da paixão
E se o amor ingressar na relação
Deixa a porta do peito entreaberta
Quando a flecha do amor o alvo acerta
Marca pontos demais com o coração.

Pedro Torres
Mote: Tallys Barbosa 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...